Developed by JoomVision.com
banner
banner
banner
banner

ASSEMBLEIA GERAL ALTERA DIRETORIA E ESTATUTO DA CNASI, QUE AGORA REPRESENTA TAMBÉM OS SERVIDORES DO MDA

Entre as principais decisões tomadas durante Assembleia Geral Extraordinária, realizada durante a Plenária Nacional da Cnasi e Assemda – ocorrida em Brasília, em parceria com a Condsef, no dia 14...

Leia mais...

PRESSIONADO POR ENTIDADES E SERVIDORES, GOVERNO NEGA TER PROJETO PARA TRANSFORMAR INCRA EM SECRETARIA DO MDA E SE ABRE PARA CONSTRUÇÃO COLETIVA DE REESTRUTURAÇÃO DA AUTARQUIA

Sobre pressão de entidades representativas e dezenas de servidores da Sede do Incra, o diretor de Gestão Administrativa da autarquia, Juliano Resende, negou conhecer qualquer projeto que tenha por objetivo...

Leia mais...

INCRA CHEGA AOS 44 ANOS DE FUNDAÇÃO SEM TER O QUE COMEMORAR

Há tempos que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) faz aniversário sem ter o que comemorar. Por vários anos essa rotina melancólica, deprimente e irracional tem deixado...

Leia mais...

GOVERNO REAFIRMA RAZÕES DO VETO PRESIDENCIAL E REJEITA EMISSÃO DE NOVA MEDIDA PROVISÓRIA PARA REESTRUTURAÇÃO DE CARREIRAS DO INCRA, QUE O EQUIPARARIA AO IBAMA

Convidada para reunião - na manhã desta quarta-feira (25/6), em Brasília -, pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, e o presidente do Incra, Carlos Guedes, a Direção da Cnasi recebeu...

Leia mais...

CNASI SOLICITA QUE ASSOCIAÇÕES FAÇAM ASSEMBLEIAS PARA DECIBERAR SOBRE REFERENCIA SALARIAL EM PARCERIA COM SINDICATOS LOCAIS

A Direção Nacional da Cnasi solicita que as associações de servidores do Incra em todo o Brasil realizem as assembleias sobre a referência remunerativa da autarquia sempre em parceria com os sindicatos locais, pois as decisões serão repassadas também à Condsef - entidade nacional que é representada nos estados pelos sindicatos de servidores públicos.

 

MPT DÁ PRAZO DE 60 DIAS PARA INCRA ENTREGAR EPIs

Servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Sergipe, continuam lutando pelo fornecimento de Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) para todos os trabalhadores e não somente para os peritos federais agrários. Em audiência realizada na manhã desta quinta-feira, 11 no Ministério Público do Trabalho (MPT), o procurador Adson Souza do Nascimento deu prazo de 15 dias para que o Incra informe a contratação de profissionais para elaboração do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais do Trabalho (PPRA) e do Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional (PCMSO). E 60 dias para o fornecimento dos EPIs.

 

CNASI COBRA DO INCRA IMPLANTAÇÃO DO PLANO DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL E DO PROGRAMA DE PREVENÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS

A direção da Cnasi encaminhou ofício à Presidência do Incra no qual cobra que a autarquia elabore e aplique o Plano de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) e o Programa de Prevenção dos Riscos Ambientais - PPRA. Ambos são regulamentados e determinados pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), por meio da Portaria Normativa nº 3, de 7 de maio de 2010, mas nunca implementados pelo Incra.

   

Blogs das Regionais

Últimas das Regionais

Developed by JoomVision.com
  • Servidores do Incra Belém (SR-01) vão cruzar os braços no dia 03/07 em repúdio ao veto presidencial do PV 5/2014


    Servidores da Superintendência Regional do Incra Belém (SR-01) vão paralisar o órgão no dia 03 de julho em repúdio ao veto da presidente Dilma ao PLV 5/2014 que propunha a reestruturação das carreiras da autarquia federal e igualava os salários do Incra aos do Ibama. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, 26/06, em assembleia geral realizada na sede da regional em Belém.

    Em busca de apoio

    Em clima de indignação e revolta, os servidores também decidiram dar ampla divulgação à nota de repúdio da Cnasi contra o veto presidencial. A nota será levada aos movimentos sociais e associações de assentados, ribeirinhos, extrativistas e quilombolas, com o objetivo de pedir o apoio dos beneficiários das políticas agrárias para a luta de fortalecimento do Incra e valorização dos servidores.

    Mapa do desmonte

    A assembleia ainda propôs a elaboração, em cada SR e nacionalmente, de um documento denunciando os cortes feitos pelo Governo Federal no orçamento do Incra, que impedem a execução das metas já definidas para este ano. Nos relatórios produzidos regionalmente devem constar todos os problemas que impedem a realização dos trabalhos. A idéia é fazer um mapeamento detalhado do desmonte do Incra pelo governo federal.

    Os relatórios regionais seriam compilados em um documento nacional e tornado público para mostrar à sociedade quem são os verdadeiros culpados pelo não cumprimento das metas acordadas.

    Paralisação nacional

    Ao final da assembleia os servidores do Incra Belém conclamaram seus colegas de outras regionais para construir uma paralisação nacional no dia 03 de julho. E   propuseram a construção de uma rede de alianças entre as 30 superintendências regionais do Incra para conectar todos os servidores de maneira que a circulação de informações ocorra mais rapidamente. O objetivo dessa rede também é potencializar a mobilização para ações conjuntas no sentido de construir futuras paralisações ou greve geral.


    Assincra Belém

    Leia mais...
  • Os servidores do Incra em Tocantins participaram no início do mês de abril de 2013, na capital Palmas, de reunião na qual se tratou temas de interesse da categoria no estado. Entre os temas estavam: Plenária Setorial do Incra;  Plano  Estratégico  de  Lutas;  Parecer  da  CGU/TO sobre aposentadoria; Plenária Nacional da CONDSEF; encaminhamento dos PADs e casos de assédio moral.
    Confira AQUI a íntegra da reportagem, que foi publicada em destaque no Portal da Cnasi.
    Leia mais...
  • Um produtor rural de Campo Grande, MS, que estava nesta terça-feira (19/06) na sede do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) disse estar apreensivo com a greve do instituto. O homem que preferiu não se identificar - ele disse ter receio do processo demorar ainda mais - contou que os trabalhos no órgão são demorados e a greve deve acentuar ainda mais a morosidade. “Quando não está de greve já não sai, você calcula agora”, questionou.

     

    O produtor disse que há mais de um ano tenta o desmembramento de uma terra da família. Ele explicou que o pai, já idoso (82 anos), está doando a terra em vida aos filhos. Mas, apesar do georreferenciamento estar pronto o desmembramento está enrolado. “Tínhamos preferência para resolver isso, meu pai já é idoso, o Estatuto protege, mas até agora nada”.

     

    Acesse a íntegra da reportagem no link abaixo:

    http://www.midiamax.com/noticias/803266-greve+incra+ms+preocupa+produtores+esperam+analises+processos.html

     

    Fonte: Mídia Max

    Leia mais...
  • Os servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Paraná entram em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira (18), em adesão à mobilização nacional convocada pela Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef). A decisão pela greve é conseqüência de tentativas fracassadas de negociação com o Ministério do Planejamento, Orçamento ePR_DSC01431_2Gestão (MPOG) para reestruturação das carreiras, melhorias salariais e das condições de serviço e recomposição da força de trabalho.

     

    Durante a greve, os servidores vão levar aos movimentos sociais, lideranças políticas e para a sociedade civil, a Carta Denúncia “Sucateamento dos órgãos agrários ameaça a soberania ambiental, territorial e alimentar brasileira”. O documento foi elaborado pelas três entidades que representam os servidores do Incra e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (Associação Nacional dos Servidores do MDA – ASSEMDA, Associação Nacional dos Engenheiros Agrônomos do INCRA – ASSINAGRO e Confederação Nacional das Associações dos Servidores do INCRA – CNASI).

     

    Acesse a íntegra da reportagem no link abaixo:

    http://www.bemparana.com.br/noticia/219867/servidores-do-incra-no-parana-cruzam-os-bracos-a-partir-desta-segunda-feira

     

    Fonte: Bem Paraná

    Leia mais...

Links Úteis

sindsepdfasseraincracutfassincracnasi_lutas