Destaques Slider

Destaques Slider (16)

Em uma decisão materializada no Acórdão 2380 / 2021, publicado em 8 de outubro de 2021, o Plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) acatou denúncia e determinou que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária ( Incra ) interrompa o processo de contratação temporária de profissionais e realize concurso público para 1.259 vagas.

Embora com considerável atraso de um ano e meio, a Comissão de Ética Pública do Poder Executivo Federal atendeu recomendação da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) – órgão do Ministério Público Federal (MPF) –, e encaminhou em setembro de 2021 mensagem a todos os agentes públicos federais na qual ressalta que exercício do cargo ou função no Serviço Público não retira dos seus titulares o direito de participar dos debates que envolvem a vida coletiva.

A frase “Lutar sempre. Vencer, talvez. Desistir, jamais!!”, muito comum nos meios/ambientes onde se faz atuações hercúleas visando objetivos difíceis de serem alcançados, pode ser aplicada para a trajetória da CNASI nos seus 35 anos de defesa da promoção das Políticas Públicas executadas pelo Incra na democratização de acesso à terra (a exemplo da Reforma Agrária e Regularização Fundiária), do fortalecimento da autarquia e da valorização dos seus servidores – que são os três principais eixos históricos orientadores de sua postura e ações.

Card Lançamento Livro Incra 50 anos Teaser 1 2Em comemoração ao aniversário do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o Sindicato Nacional dos Peritos Federais Agrários (SindPFA) e a Associação Nacional dos Servidores Públicos Federais Agrários (Cnasi-AN) realizaram o lançamento oficial do livro 'Incra 50 anos: a autarquia sob o olhar de seus servidores'.

 

A publicação é resultado de seleção conjunta que colecionou 26 textos de 17 autores - todos servidores do Incra, do passado e do presente -, e traz crônicas recheadas de boas histórias, retratando o dia a dia da autarquia, que completou meio século em 2020.

 

A versão digital da obra está disponível a todos e pode ser acessada AQUI.

 

O evento de lançamento, realizado no 9 de junho de 2021, ocorreu de forma virtual, com videoconferência entre os autores dos textos selecionados para o livro, o Conselho Editorial e diretorias das entidades representativas - SindPFA e Cnasi-AN.

 

Vídeo do evento pode ser conferido AQUI.

 

"São cinco décadas de história dessa autarquia, de momentos de grande relevância e prestígio, mas também de amargos períodos de desvalorização, escassez de recursos e redução de efetivo, como agora. A jornada do Incra se mistura com a história contemporânea do Brasil, com seus altos e baixos", diz a apresentação do livro. "O Incra foi e é um órgão essencial ao país, com atividades que repercutem na integração nacional, na segurança jurídica no meio rural, na soberania do nosso território e na segurança alimentar da população", destaca. "Os textos ilustram, por ocasião de seu cinquentenário, a importância do Incra, os desafios da sua missão, a luta dos que o construíram e as marcas e contribuições que seu trabalho deixou na vida dos cidadãos e da sociedade".

 

E encerra: "Por ocasião de seu cinquentenário, é salutar lançar um olhar sobre sua história, para entender a atualidade e planejar o futuro dessa autarquia tão importante para o nosso país." O SindPFA e a Cnasi-AN agradecem aos que prestigiaram o lançamento bem como aos que contribuíram para a concretização desse projeto ambicioso e necessário para a preservação da memória e legado do Incra e de seus servidores.

 

Fonte: SindPFA e Cnasi-AN

 

A seleção crônicas sobre o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), lançada pelo Sindicato Nacional dos Peritos Federais Agrários (SindPFA) e a Associação Nacional dos Servidores Públicos Federais Agrários (Cnasi-AN) por ocasião dos 50 anos do órgão, foi concluída e o resultado poderá ser conferido no próximo dia 9 de julho de 2021, durante lançamento do livro 'Incra 50 anos: a autarquia sob o olhar de seus servidores'. Ao todo, o Conselho Editorial selecionou 26 textos de 17 autores.

 

O evento de lançamento será transmitido pelas redes sociais das entidades e contará, ainda, com a premiação, que vai do primeiro ao terceiro lugar. "Temos o dever de contribuir para a preservação do bom legado do Incra e dos seus colaboradores ao longo dessas décadas. E esta é uma ação nesse sentido. O resultado ficou muito bonito e temos certeza de que o livro será apreciado por diversos públicos", afirma Djalmary Souza, presidente do SindPFA.

 

"O livro registra um momento ímpar da história do órgão na visão de colegas servidores, que atuaram por décadas na instituição. É um recorte de visão, de vida desses servidores. E é um recorte bem diverso, porque tem de tudo. É uma grande homenagem ao Incra e, é claro, aos que nele trabalham ou trabalharam", avalia o diretor da Cnasi-AN, Reginaldo Marcos Aguiar.

 

Participarão do lançamento representantes das entidades, autores e convidados. O SindPFA e a Cnasi-AN agradecem a todos os que enviaram seus textos e aos que colaboraram na organização e execução desta importante iniciativa.

 

Serviço:
Lançamento do livro 'Incra 50 anos: a autarquia sob o olhar de seus servidores'
Data: 9 de julho
Horário: 10h
Link: https://youtu.be/iq7o6OXmLNU 

 

Fonte: SindPFA e Cnasi-AN

 

PEC32 aprovacao maio2021Parlamentares integrantes da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovaram o parecer do deputado Darci de Matos (PSD-SC) pela admissibilidade da proposta de reforma administrativa (PEC 32/20) enviada pela Presidência da República ao Congresso Nacional. O texto aprovado, que tem impacto negativo para o Estado e a população brasileira, segue para ser debatido em comissão especial pelo Plenário da Câmara e pelo Senado Federal.

Incra 1987 3O resultado final da Seleção de Contos e Crônicas em comemoração aos 50 anos do Incra é divulgado pelas entidades promotoras, Sindicato Nacional dos Peritos Federais Agrários (SindPFA) e Associação Nacional dos Servidores Públicos Federais Agrários (Cnasi-AN), após o Conselho Editorial fazer a análise dos recursos dos participantes.

A Câmara dos Deputados aprovou, em tempo recorde, na madrugada do dia 12 de março 2021, a chamada PEC Emergencial (186/19) em segundo turno. A proposta obteve 366 votos a favor e 127 contra; três deputados se abstiveram. Na segunda-feira seguinte, no dia 15 de março 2021, ela foi promulgada e virou a Emenda Constitucional nº 109/2021.

Desmatamento RO foto Vinícius Mendonça IbamaDezenas de veículos de comunicação de todo o país destacaram, no início do mês de dezembro de 2020, a denúncia feita pela Diretoria da CNASI-ASSOCIAÇÃO NACIONAL sobre a Portaria conjunta nº 1, assinada pelo titular da Secretaria Especial de Assuntos Fundiários, Luiz Antonio Nabhan Garcia, e o presidente do Incra, Geraldo José da Camara Ferreira de Melo Filho, instituindo o "Programa Titula Brasil", que repassa atribuições da autarquia para os municípios, facilitando a titulação de terras e a legalização da grilagem.

Cerca de 100 entidades nacionais e regionais de diversos estados do Brasil assinam documento no qual denunciam que o Projeto de Lei 2.633/20, em tramitação no Congresso Nacional, traz um perigoso conjunto de medidas que se aprovadas vão facilitar a legalização de grilagem de terras, piorando enormemente o cenário de deterioração fundiária e ambiental em grandes áreas da União, com sérias e negativas consequências sociais para o Brasil. O documento foi divulgado, na manhã desta segunda-feira (25/5), nas páginas das entidades na internet.

Página 1 de 2