Maranhão
Qua, 20 de Junho de 2012 19:06

Em assembleia realizada na manhã de segunda-feira (18/06), os servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) do Maranhão decidiram iniciar greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada pela categoria reunida na sede estadual do órgão, no bairro Anil, quando era prevista a paralisação de apenas um dia, seguindo o calendário nacional de indicativo de greve unificada por servidores de diversas instituições federais. Também paralisaram as atividades, durante a segunda-feira, funcionários do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), do Ministério da Saúde (MS) e da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

 

De acordo com a vice-presidente da Associação dos Servidores do Incra (Assincra), Hulda Rocha e Silva, os principais problemas enfrentados pela categoria são a insuficiência de pessoal, além de recursos financeiros e estruturais voltados à implementação de políticas de reforma agrária em todo o país. “A reforma agrária não é prioridade do governo federal”, disse ela, destacando que o discurso oficial de combate à miséria e à fome não se realiza na prática justamente por essas condições insuficientes, sendo necessários a realização de concurso para a admissão de mais pessoal e o aumento de investimentos.

 

Acesse a íntegra da reportagem no link abaixo:

http://www.oimparcial.com.br/app/noticia/urbano/2012/06/19/interna_urbano,117491/servidores-do-incra-iniciam-greve-por-tempo-indeterminado.shtml

 

Fonte: O Imparcial

Qua, 16 de Maio de 2012 19:21

Em atendimento do chamado nacional da CNASI e Assinagro, os servidores da Unidade Avançada de Imperatriz, no Maranhão, mostraram mais uma vez que não aceitam as condições impostas pelo governo. É consenso que a atual situação que se encontra o INCRA, como um todo, instituição e servidores,  se deve a falta de comprometimento do governo federal com as causas agrárias.

 

MA_impera_2A_14.05.2012Este movimento do dia 14 de maio obteve uma participarão maior por parte dos servidores, causada principalmente pela boa recepção da primeira paralisação – realizada no dia 25 de abril último. Quase unanimamente, servidores novos na casa, bem como outros com mais de 35 anos de INCRA, resolveram cruzar os braços e externar o seu descontentamento.

 

Mais uma vez a Unidade Avançada de Imperatriz fechou suas portas, sendo distribuído para os usuários panfletos explicando o descalabro atual do INCRA e MDA nos dias atuais.  Na parte da manhã, foi discutido os vários problemas da Unidade, como: a falta de recursos financeiros para dar continuidade aos trabalhos legalmente atribuídos a esta autarquia; a enorme quantidadeMA_imperaB_14.05.2012 de aposentadorias que esta unidade administrativa vem enfrentando e que irão ocorrer em um futuro próximo, o que ocasionará fatalmente no fechamento da mesma, por absoluta falta de mão de obra.

 

Fora ainda discutido também a publicação no diário oficial, neste 14/05, do irrisório aumento salarial para julho de 2012, causando grande indignação por parte dos presentes.

 

A importância do INCRA na região foi destacado na imprensa local. Isso, porque a quase totalidade das mídias televisadas vieram cobrir a paralisação. As TVs Globo, Record e Bandeirantes divulgaram para a comunidade sul maranhense as  reivindicações dos servidores, externando a situação de penúria que atualmente passa este órgão agrário.

 

Confira algumas matérias nos links abaixo:

http://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2012/05/servidores-do-incra-paralisam-atividades-em-imperatriz.html

http://www.jornalcorreiopopular.com/?id=20267

 

Fonte: Assincra/Imperatriz

Qui, 10 de Maio de 2012 19:33

Os servidores do Incra no estado do Maranhão – seguindo o calendário de mobilização definido em plenária da CNASI, em Brasília, no dia 26 de abril de 2012 –, realizaram evento no auditório da Superintendência Regional.

 

MA_DSC03050_3Durante a manhã do dia sete de maio de 2012, os servidores permaneceram reunidos em um café da manhã, tradicionalmente organizado pela ASSINCRA-MA e que serviu para um momento de mobilização e debates.

 

Na programação constaram as boas vindas aos novos servidores; repasse de informações sobre a situação da FASSINCRA e negociações salariais; entrega de documento da ASSINCRA-MA com demandas dos servidores para melhorias do órgão e fala do superintendente regional do Incra no Maranhão, José Inácio, e sua equipe sobre o andamento das ações da autarquia no estado.

 

Fonte: Assincra/MA

Blogs das Regionais