Qua, 12 de Agosto de 2015 14:30

INCRA ENTRA NA GREVE DOS SERVIDORES FEDERAIS NO RIO GRANDE DO NORTE

Escrito por  Associação dos Servidores do Incra no Rio Grande do Norte
Classifique este artigo
(0 votos)

Servidores do INCRA/RN e de outros órgãos da administração pública federal em Natal realizaram mobilização na porta da entidade no dia 5 de agosto de 2015. Os servidores do INCRA entram na greve a partir da atividade ocorrida naquela data. A adesão do órgão  demonstra como movimento grevista vem crescendo no estado e como a força dos trabalhadores é necessária para forçar as negociações com o governo.

 

Os trabalhadores durante as falas reafirmaram a necessidade de organização e participação no movimento paredista para conseguir negociação em bom RN greve agosto2015termo com o governo federal, que até agora não apresentou nenhuma outra proposta para categoria. Continua propondo 21,3% dividido em 4 anos. Essa Proposta que já foi rejeitada pelo conjunto dos servidores federais.

 

Para Herbert Alencar, servidor em greve do INCRA, afirma que é indispensável a entrada do órgão no movimento paredista. “Nós não vamos aceitar essa imposição do governo, além disso queremos que sejam debatidas as pautas específicas do INCRA como a  reestruturação das três carreiras, paridade entre ativos e inativos e equiparação salarial. Também exigimos maior prioridade do governo para com a Reforma Agrária”, afirmou o servidor

 

Os participantes da atividade no INCRA  também discutiram a nova proposta encaminhada pelo Fórum dos Servidores Públicos Federais. Onde se propõe um aumento de 19,7% para 2016 ou dividir esse percentual em duas vezes, sendo 9,4% em 2016 e 9,4% em 2017. A coordenadora geral do SINTSEF/RN, Gizélia Rocha,  aguarda a repercussão e contraproposta do governo diante desse novo índice

 

“A priori não concordamos com esse rebaixamento da proposta inicial de 27,3% para 19,7%, mas estamos aguardando qual será resposta do governo diante desse novo percentual. Contudo, para nós a proposta original dos trabalhadores é muito razoável, e que recompõe nossas perdas nos últimos anos”, afirmou Gizélia.

 

O SINTSEF RN segue na greve por tempo indeterminado e com atividades durante toda a semana.

 

Fonte: SINTSEF/RN

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Blogs das Regionais